11 de mai de 2009

Final de Pushing Daisies decepciona


A vida de quem acompanha séries americanas é cercada de incertezas, nunca sabemos se aquela série que tanto curtimos chegará até o fim, corremos o risco de descobrir depois de acompanhar uma temporada toda que por falta de audiência aquela trama que tanto gostamos não terá uma seqüência, que não saberemos como se resolverá aquele mistério que nos intrigou por 22 episódios. É um caso de desrespeito com o telespectador, seria quase como se a Globo resolvesse não concluir uma novela porque ela não teve audiência. Se por um lado a emissora de TV não tem obrigação de levar prejuízo, por outro lado quem parou para assistir a uma série tem direito de saber como a história se resolverá, então a criação de um episódio mais extenso só para encerrar a história mesmo que seja de forma corrida é mais digno que simplesmente largá-la pelo caminho.





O episódio final de Pushing Daisies intitulado Kerplunk parece mais um episódio normal de meio de temporada em que costuraram um final. Para começar se centra em Lily e Vivian, as tias de Chucky que resolvem abandonar o semi confinamento em que viviam para visitar um circo aquático, acabam se reencontrando com antigas rivais do nado sincronizado, o restante dos personagens tem que desvendar se a morte de uma nadadora foi acidental ou criminosa, enquanto as irmãs resolvem voltar a carreira que as havia projetado. O episódio é divertido, engraçado até, mas em nenhum momento alguém mais desavisado vai perceber que é um episódio final, só nos últimos minutos temos uma revelação aguardada em toda a série e uma colagem de cenas para mostrar o destino dos personagens principais e só. Emerson, Chucky, Ned e Olive tem um final meia boca, mas pelo menos não ficaram ao Deus dará. Mas algumas coisas ficaram no ar, o que ocorreu com o pai ressuscitado de Chucky? E a família de Ned? Simplesmente ninguém se interessou se tinha gente acompanhando essas histórias, cancelaram e pronto, se você quiser pode fingir que é uma daquelas histórias com final aberto e tirar suas próprias conclusões sobre o destino desse povo já que o episódio final de duas horas ficou só na promessa e esperança dos fãs. Existe a possibilidade das histórias continuarem em quadrinhos, mas são mídias diferentes e dificilmente deve chegar aqui por essas plagas. Paciência né, o jeito é continuar vendo outras séries rezando para que elas cheguem ao fim.

Nenhum comentário:

LinkWithin