30 de out de 2010

Conheça a nova série de heróis da ABC: No Ordinary Family

[ Esse texto é um resumo dos 5 primeiros episódios da 1ª temporada ]


Várias formatos e temas têm consagrado diversas séries nos últimos anos. Um exemplo clássico é "Lost" que, até hoje, não conseguiu achar, digamos assim, um substituto à altura. Várias séries têm tentado, mas até agora nenhuma teve sucesso.
Outras que merecem destaque são as duas primeiras temporadas de "Heroes" e a ganhadora do EMMY "Modern Family".
Como "Lost" acabou, a ABC precisava de uma nova estrela para tentar substituí-la, e a jogada desse ano foi No Ordinary Family: uma mistura das duas últimas séries citadas ("Heroes" e "Modern Family").
O resultado, que muitos esperavam ser catastrófico (eu me incluo neste grupo), não deixou nem um pouco a desejar.
A criação de Greg Berlanti e Jon Harmon Feldman é mais centrada no drama familiar do que nos super poderes que os protagonistas adquiriram, e isso faz o diferencial da série.
Na trama, os Powell, com a intenção de aproximar mais a família, saem de férias para Belém do Pará (isso mesmo, você leu certo!) e durante a viagem eles sofrem um acidente num monomotor, caindo dentro de um rio. A única vítima fatal é o piloto que era também a única pessoa no aeroplano que não pertencia à família.
Num primeiro momento suas vidas não tem grandes mudanças, até a descoberta dos poderes: o pai, Jim, tem uma super-força e é capaz de dar saltos surpreendentes, a mãe, Stephanie, adquire a super-velocidade, a filha, Daphne, consegue ler pensamentos e o filho, J.J., um super-cérebro.
A descoberta desses novos poderes,obviamente, irá causar grande impacto na vida dos quatro. Seja ao fazer Jim agir como um policial de verdade, um herói das ruas, como sempre desejou, e não apenas a pessoa que faz o retrato falado, ou seja tornando o disfuncional J.J. um dos garotos mais populares da escola.
Só que, como disse anteriormente, os poderes servem apenas como pano de fundo para apresentação dos conflitos familiares e morais ao longo de cada episódio. Como agimos quando temos o, literalmente, poder de mudar certas coisas.
Vemos um vigilante que não mede esforços para trazer a justiça, mas nem sempre essa justiça é o melhor caminho.
Vemos uma pesquisadora que ao tentar chegar, literalmente, à raiz do que aconteceu à sua família pode estar colocando-a em risco, sem nem ao menos se dar conta do perigo.
Vemos uma adolescente tentando não entrar na mente dos mais próximos sem confundir a sua cabeça já confusa, típica da idade, e colocá-la em situações embaraçosas e constrangedoras.
Vemos um garoto que antes se encontrava numa condição de deficiência escolar, e agora torna-se um gênio, alegando para os pais que foi o único da família que não ganhou poderes, mas que o acidente fez com que ele mudasse, que ele se esforçasse. Para o menino, essa era a única maneira dos pais se orgulharem dele.
Os super-poderes servem para maximizar as situações do cotidiano, tornando o extraordinário nada mais do que ordinário.
É claro que a série não pode deixar de lado os efeitos especiais, frases de efeito e momentos engraçados que, conjuntamente com os atores, que desempenham seus papéis com bastante eficiência, tornam "No Ordinary Family" mais do que um simples programa de entreterimento.
Aos poucos, também, estão sendo introduzidos mais super-poderosos, inclusive os vilões, que não mostraram extamante ao que vieram, mas pode ter-se uma vaga noção após o episódio 05, "No Ordinary Earthquake", onde um dos protagonistas tem uma rápida conversa com um desses misteriosos que também possuem super-poderes.
Agora que foi garantida a primeira temporada completa, espero que o seriado mantenha o ritmo e caia no gosto do povo americano, pois caso contrário, teremos mais uma história mal contada.

Nota: 8,5




28 de out de 2010

A divulgação global de The Walking Dead

The Walking Dead começa a ser exibido nos Estados Unidos domingo, 31 de outubro, e estreia no Brasil no canal FOX dia 2 de novembro, às 22h. A primeira temporada terá apenas seis episódios, mas a segunda já está garantida.
Mas o que chamou a atenção do mundo inteiro essa semana foi a invasão global de zumbis pelas maiores cidades do mundo. Uma grande produção feita pela série colocou nas ruas de 26 cidades, incluindo São Paulo, vários atores bem maquiados com um ar de mortos-vivos. Um show de representação.

Confira agora imagens da invasão dos zumbis pelo mundo e um ótimo vídeo com os zumbis-paulistas pelas ruas de São Paulo.

Hellcats ganha novo poster promocional



A série sobre líderes de torcida do canal americano CW ganhou nesta quinta um novo poster promocional. Nele vemos os personagens principais da trama. E também vem com a frase:


"Apenas líderes de torcida podem formar um triângulo com 4 lados".


A série tem uma boa audiência para o canal, mas ao passar dos episódios a audiência vai caindo aos poucos assim como está acontecendo com outra série do canal Nikita. A série tem como produtor Tom Welling, o Clark Kent da série "Smallville". Lembrando que o ator já dirigiu alguns episódios da própria série.

Mais detalhes sobre Terra Nova, a série de dinossauros de Steven Spielberg


Mais detalhes envolvendo a nova série do canal FOX. Terra Nova traz a velha premissa de viagens no tempo e era dos dinossauros. A série chama a atenção por ter um alto custo de produção e ter ninguém menos que Steven Spielberg supervisonando-a.

A trama de Terra Nova começa no ano de 2149 d.C., quando um grupo de pessoas se prepara para deixar o mundo pós-apocalíptico em que vive para viajar ao passado em uma máquina do tempo de alta tecnologia. A intenção é recomeçar a vida no Jardim do Éden idealizado por eles - desfrutar de céu azul, árvores, comida de verdade... No entanto, a realidade que encontram no passado é muito diferente do que imaginavam.

Além de Spielberg, outro grande nova da produção da série é Brannon Braga, produtor e roteirista de Flashforward, 24 Horas e das séries de TV de Jornada nas Estrelas. Não se sabe quantos a série terá ao total de episódios na primeira temporada só rumores de que serão 13 ao todo. E não saiam do Loukos por Seriados para mais informações da série que deve chegar as telas da tv americana no ano que vem.

27 de out de 2010

Merlin é renovada e o canal ABC cancela mais uma.


O canal britânico BBC revelou que a série de magia e fantasia Merlin terá uma 4ª temporada. O grande sucesso que a série faz no Reio Unido só aumenta e por isso os produtores estão preparando a série para mudar de fase. Se preparem fãs de Merlin, pois a série subirá de nível com a tão esperada chegada dos Cavaleiros da Távola Redonda.

Estrelada por Colin Morgan, Anthony Head e Richard Wilson, entre outros, Merlin foi vendida para 180 países. No Brasil, é transmitida pelo canal a cabo HBO Family.






Já o canal americano ABC depois de cancelar My Generation após 2 episódios deu adeus também para The Whole Truth.
A série ainda terá os 13 episódios iniciais mas não será renovada para outros. O canal ainda pediu mais cinco episódios para Detroit 1-8-7 e mais 4 para a veterana Brothers & Sisters, além de conceder uma temporada completa para, a nova Heroes, No Ordinary Family.

22 de out de 2010

Trailer da versão americana de SKINS

Pois é. Eu esperava que isso ficasse somente na promessa, mas eles cumpriram e a versão americana da série britânica mais badalada dos últimos tempos está cada vez mais próxima.

Se a série será tão boa quanto a original ainda não sabemos mas a nova versão de SKINS vai apresentar algumas histórias parecidas e outras novas tramas, voltadas mais para o público americano. Os personagens originais também sofreram algumas alterações nos nomes e outros foram retirados.

A grande diferença é que o personagem homossexual Maxxie, amigo de Tony, foi bem modificado, virando Tea, uma amiga lésbica de Tony.

No trailer abaixo podemos ver que as cenas de sexo, beijo gay e drogas não foram retirados do roteiro.

20 de out de 2010

NBC e ABC garantem episódios de suas séries.

Os fãs da série Chuck devem estar bem orgulhosos nesse momento. A série que já foi cancelada uma vez e já foi salva por duas vezes pelos fãs, agora sem muito sacrificio conseguiu uma temporada completa. A atual 4ª temporada terá então 24 episódios.

A NBC também garantiu vida para Outsourced, Law&Order: Los Angeles, Chase, Undercovers e The Event.

 Pois é. Se você estava vendo The Event e estava preocupado com o futuro da série. Pode assistir tranquilo pois pelo menos uma temporada a série já tem. Espero que ela faça por merecer.



Quem não anda tão bem assim é V .Parece que a série terá que se contentar com apenas 10 episódios na 2ª temporada. A ABC anunciou na semana passada que a re-imaginação da minissérie de 1983 vai retornar para sua segunda temporada em 4 de janeiro, mas em vez de passar por 13 episódios, como na primeira temporada, terá direito a apenas 10 episódios.
Agora a trama terá que ser alterada para durar exatos 10 episódios. Que triste isso.

19 de out de 2010

Misfits - Super Heróis britânicos estão de volta

Para quem nunca nem ouviu falar na série fica a recomendação; Misfits foi lançada em 12 de Novembro de 2009 e logo foi comparada a Heroes e Skins, mas a série logo mostrou identidade própria e conquistou o público, tendo bons índices de audiência conseguindo assim garantir uma segunda temporada.

A série conta a história de cinco jovens que foram atingidos por um raio e, desde então, ganharam superpoderes, com os quais tentam lidar. Pode até te lembrar Heroes a principio, mas o seriado conta com o lado cômico para alcançar seu sucesso na terra da rainha. O seu diferencial, é que esses super heróis são apenas jovens delinquentes que confinados em um reformatório cumprem pena de serviços comunitários, onde são atingidos pelo raio. A série ainda possui zumbis e confusões que só jovens sabem proporcionar.

A série possui com uma primeira temporada de 6 episódios apenas, que deixam qualquer um cheio de curiosidade para uma segunda temporada, que por fim chega no canal E4 em Novembro; fique abaixo com a promo da segunda temporada da série.

Smallville 10x04 Homecoming

Estou sem palavras para descrever a grandeza que este episódio que conseguiu de todas as formas animar e ao mesmo tempo amadurecer a trama dessa série que a 10 anos de existência poucos episódios conseguiram tal feito.

O episódio - 200 - de toda a série fez jus a ansiedade que todos nós fãs esperávamos, pela minha parte não houve se quer decepção. A volta do Brainiac, ou Brainiac 5 foi crucial para o futuro da série, ele estava lá para levar nosso herói ao caminho certo e sua pequena participação já rendeu até a cena maravilhosa da dança no ar e até Clark finalmente pronto para o que está por vir.
Clark e Brainiac 5 mostrando que é membro da legião no futuro.

Isso poderia ter acontecido muito antes na série, mas estou feliz que aconteceu por agora na Final Season para deixar ainda mais instigante. Tenho pena de quem já perdeu as esperanças na série, ao longo dos 10 anos muitas pessoas já desistiram e espero que elas voltem a ver, por que vale muito a pena.
Mas voltando ao episódio cheio de nostalgia por sinal, com direitos até a flashbacks das temporadas passadas. Senti pena da Lois mas ela soube levar tudo na esportiva e a Lana, até que eu queria uma participaçãozinha dela nesse episódio apesar de achar a pior personagem da série nos últimos anos.
Lois e Clark em momento romântico.

A trama envolta de Oliver foi até aceitável, eu não gosto dele então, prefiro não comentar. E o que foi aqueles seguidores da Chloe cuidando do "Torch", gostei deles, espero vê-los mais na série que promete ficar melhor. E a mensagem da Chloe no final só consegui pensar "suspeitei dês de o principio". Outra parte nostalgica e surtante desse emocionante episódio foi a cena do baile tocando Lifehouse, me fez lembrar dos velhos tempos e da canção You And Me, tema oficial do casal "Clana".
A parte mais épica do episódio pode se dizer que foi o encontro entre Clark "eu sou culpado de tudo" e do Clark "eu sei que você viria", e até que os efeitos ajudaram um pouco, mas ainda acho que a CW deveria investir mais em efeitos especiais da série, sempre acho tão mal feito. Sem falar do voo romântico com direito a flutuar.

Nota do Episódio: 9,0

17 de out de 2010

HQ de Supernatural enfim chega ao Brasil

Para os fãs de Supernatural que estão na curiosidade desde 2007 (quando foi anunciado o lançamento no EUA) para conferirem a primeira edição da HQ de Supernatural, a espera acabou. Foi lançado nesse dia 15, na 17º edição da FestComix, o primeiro HQ da família Winchester, que ganhou o nome de Supernatural - Origem e conta com 144 páginas e a história gira em torno do pai dos garotos; história inicial da trama.

A minissérie foi criada por Peter Johnson e Matthew Don Smith e o preço inicial gira em torno de R$39,00.  A editora ainda promete lançar a segunda parte da história, “Ascensão", em dezembro.

15 de out de 2010

As novidades de True Blood

Mesmo estando em pausa, e com as gravações de uma quarta temporada prevista apenas para 2011
True Blood vem gerando noticia no mundo das séries.

A novidade agora é que a produtores da HBO estão analisando (de novo) a possibilidade de produzir um filme baseado na série. É, na série, que é baseada em um livro da autora Charlaine Harris. Confuso ? Pois bem meus amigos, além disso a a emissora garante que há chances da direção ficar à cargo do próprio Alan Ball, que já dirigiu o longa Towelhead ano passado, além de episódios de Six Feet Under e mesmo de True Blood. Esse boato não é exatamente novo, mas fazia tempo que não tocavam no assunto, até agora. Agora fica a dúvida se a emissora HBO estaria fazendo o mesmo que fez com Sex and City.

Além disso a série ainda está a todo vapor na premiação Scream Awards 2010, que homenageia as produções de fantasia, horror e ficção científica da TV, cinema e quadrinhos, a série esta concorrendo a 11 categorias.

Que a série é um sucesso não podemos negar. Mas um filme levaria a série a render mais bilhões de dólares ou a destruição? Bom o que temos a fazer é esperar para ver e torcer por eles no Scream Awards 2010.
Para votar basta entrar no portal da premiação www.spike.com/event/scream

ABC divulga a data oficial da 2ª temporada de V

Finalmente a ABC anunciou a data de estreia da segunda temporada da série de ficção V: novos episódios chegam à televisão americana em 4 de janeiro de 2011.


A partir do próximo ano, V ocupará as terças-feiras da televisão americana, sendo exibida antes de No Ordinary Family, que vai passar em novo horário (21h de terças) a partir da última semana de novembro deste ano.


Em comunicado oficial para a imprensa, a ABC anunciou que a nova temporada de V terá ainda mais revelações sobre personagens e lagartos, além de mais detalhes sobre a mitologia da série.
fonte: MinhaSérie

14 de out de 2010

A (mega) produção The Event em queda livre

Como já foi dito aqui no blog, a NBC apostou suas fichas em uma série de ação e suspense. Cheia de mistérios e bancando a 'fodona', The Event atiçou a vontade de mais de 11 milhões de telespectadores em sua premiere. Mas as coisas boas pararam aí.

Infelizmente os seriados americanos são comandados por números. A série pode até ser boa mas se não apresentar um resultado agradável para o canal, pode-se dizer adeus.

E os números não mentem. The Event está à beira do cancelamento. Se você gostou da série, melhor começar a rezar pois só um milagre pode salvá-la nesse momento.


*The Event – 1×01 – 11,19 milhões e 3.7 adultos 18-49 (21h) [SERIES PREMIERE]

*The Event – 1×02 – 8,98 milhões e 2.9 adultos 18-49 (21h)

*The Event – 1×03 – 7,46 milhões e 2.4 adultos 18-49 (21h)

*The Event – 1×04 – 6,45 milhões e 2.2 adultos 18-49 (21h)

Há um tempo atrás uma pergunta havia sido lançada:
Seria The Event a nova Lost ou a nova Flash Forward?
Acho que já temos a resposta.

10 de out de 2010

TOP10 - Os Melhores Personagens Adultos vistos como Crianças

Eis a Semana da Criança. Além de presentear o filho, sobrinho ou o ente querido, essa semana também é um bom momento de relembrar. Viver um flashback e voltar ao passado para recordar dos bons e inocentes momentos que tivemos quando crianças.

Aqui vai algumas crianças que se destacaram nas séries. E não só elas como os personagens à quem elas representam.
Você já reconhece alguma dessas ?


9 de out de 2010

Smallville 10x02 e 10x03!

O que dizer de dois fantásticos episódios de Smallville? Simplesmente que por enquanto eles "acertaram". Como já disse anteriormente, falar dessa série é difícil e complicado, por vários motivos, mas indo ao que interessa Smallville está assumindo sua maturidade e nos mostrando o que queríamos ver a muito tempo, a criação do nosso herói. Falando no segundo episódio da "Final Season", podemos ver novos personagens inseridos na série que estão lá por que fazem parte do universo real do superman, e nesse ponto podemos ver a preocupação dos produtores quanto aos personagens da DC Comics, como o Gordon Godfrey, famoso no universo do superman, por ter ódio dos nossos heróis e ter um segredo revelado já no episódio terceiro. Um dos pontos cómicos da série é a presença da Hellokittyana Cat Grant, que estava lá mostrando seu ódio contra os "vigilantes", e foi até um arco interessante sua parceria com o Clark.

Enquanto nosso herói tinha que aturar a personificação da Hello Kitty, a nossa musa Lois estava lá passeando entre as areias do deserto e tendo conversinhas pra lá de "históricas" com Carter Hall, enviado por Clark. Sem falar no Esquadrão Suicida outro arco da série da Dc Comics do superman, aonde fazem parte desse esquadrão a plastique, que foi apresentada na série na oitava temporada. Em tudo o episódio está mostrando um certo comprometimento com os fãs que não víamos nas temporadas passadas, sem falar no clima de expectativa que a série está fazendo, com as novas tramas e vilões que prometem.
Nota do Episódio: 8,0

E agora o ultimo episódio que foi apresentado, o episódio mais concreto e bem construído da temporada até o momento, aonde temos citações de preparação e a apresentação do grande vilão da série. E o ponto positivo do episódio, a presença da minha ilustre El preferida, a Kara. Um arco legal, mostrar ela que tem consciência de seus poderes e ajudar o Clark com os seus, isso é o que a série precisa, experiência para acelerar o processo de finalização do herói que conhecemos.
A cena da tentativa de voo ficou otima, a falta de confiança de Clark, o medo de errar, coisas que não é necessário ser um superman para sabe-las, não podemos esquecer que apesar de seus poderes ele também tem um lado humano e está sendo bem apresentado a série.

Além de Kara, Lois também volta do "passeio" pelas areias e vem como peça fundamental para nos ensinar mais uma lição preciosa se me permite dizer, a presença dela foi algo mais de devoção assim como nosso amigo Godfrey veio nos ensinar ou melhor nos mostrar. Esse episódio me fez lembrar de V, aonde eles mostram como a devoção e a duvida são uma das maiores fraquezas da humanidade, e como esses sentimentos podem ser usados para manipulação e corrompimento de todo ser humano.

Uma vez que a ideia ganha força no cérebro,
é quase impossível erradicá-la.
Uma ideia que se forma totalmente é
tão compreendida, que permanece para sempre.

No meu sonho jogam
segundo as minhas regras.

Bem, deixe-me plantar uma ideia na sua mente.
Eu digo, não pense em elefantes.
No que pensa?
Em elefantes.

Eles vêm aqui para acordar.
porque o sonho tornou-se realidade para eles.

As emoções positivas
têm mais poder.
(Frase do filme - A Origem)

Ou seja, a ideia ou duvida é algo manipulável e foi um grande trunfo para smallville ter um vilão que conseguiu mostrar isso e espero ver mais disso na série seria algo interessante de se mostrar na série. Então até a próxima review.

P.S. Algumas coisas eu escolhi não comentar para não mostrar muitos spoilers da série caso você não assistiu os episódios.
P.S². adorei a fumaçinha, me lembrou de lost, e os olhos pretos me fez lembrar de Maya de Heroes.
Nota do episódio: 8,5

8 de out de 2010

Vídeo-Promo Especial do episódio 200 de Smallville

O site americano TVGuide disponibilizou hoje um vídeo com uma preparação para esse momento importante que poucas séries alcançam. Chegar ao episódio de número 100 já traz um motivo para comemorar, agora imagina chegar ao número 200. Não é pra qualquer série.

Na sexta-feira, 15 de Outubro, vai ao ar o episódio 10x04 - Homecoming.
No vídeo abaixo vocês poderão conferir cenas especiais desse momento que levará Clark de volta à sua antiga escola, onde passado e futuro se encontrarão para revelar a nova vida do Homem de Aço.

Empolgados para o 200º aniversário de Smallville?


7 de out de 2010

Canceladas: The Gates e Scoundrels



A confirmação ainda não foi feita oficialmente pelo canal ABC, mas o cancelamento de Scoundrels e The Gates já é anunciado como certo. Ambas as produções não devem ganhar um segundo ano de episódios.

A notícia circulou nos sites especializados em notícia na noite da última quarta-feira. Embora ainda esteja passível de divulgação, até mesmo produtores das duas tramas já falam sobre seu futuro. Frank Grillo, protagonista de The Gates se pronunciou via Twitter sobre o assunto. “Um amigo da ABC me disse que encerraram The Gates. Sem segunda temporada”, publicou, aumentando os rumores.



Exibidas durante a fall season, as duas apostas da emissora não conseguiram conquistar índices satisfatórios de audiência. Enquanto Scoundrels narrava a vida de uma família de criminosos que tenta sobreviver honestamente, The Gates pegava carona no sucesso de tramas sobrenaturais, com vampiros e lobisomens.

fonte: NATV

Novo Vídeo Promocional de The Walking Dead


O dia 31 de outubro está cada vez mais próximo e o canal AMC está em contagem regressiva para a sua mais nova grande atração. Como você já viu aqui no blog, The Walking Dead irá tratar de um mundo apocalíptico possuído por zumbis.

E para nos deixar ainda mais ansiosos pela estreia de The Walking Dead, a AMC liberou mais um promo/comercial com algumas imagens inéditas da série (cuidado com os spoilers, hein!). Confiram:





3 de out de 2010

Fringe 3x02 - The Box


O segundo episódio dessa temporada começa com a dinâmica dos já tradicionais “casos Fringe” da semana. Somos apresentados a uma família inteira sendo feita de refém em sua própria casa, enquanto dois homens escavam o porão a procura de um objeto valioso, uma caixa, que ao ser aberta leva todos os presentes a morte, exceto um dos criminosos que de alguma forma não é afetado por isso. Detalhe importante, a abertura de hoje aparece nos tons tradicionais, o que significa que estamos em “nosso universo”.

Em seguida vemos a “Dark Olivia” ou “AlternateOlivia” (como preferirem) reunida em algum esconderijo com Newton onde ele fornece a ela fontes importantes para continuar com seu disfarce, um documento com a trajetória de Olivia na divisão Fringe, um livro sobre a cultura Pop daquele universo (legal o comentário sobre o Bom-o), e por fim, se utilizando de uma espécie de Laser do outro universo, Newton consegue apagar a tatuagem que seria a última prova de que aquela não era a verdadeira Olivia.

O episódio prossegue na já falada dinâmica dos “casos Fringe” com a “Dark Olivia” tendo que manter seu disfarce enquanto coloca em prática sua missão (cujos detalhes ainda não foram bem explicados). Neste universo, William Bell é um cientista renomado dono da Massive Dinamics e como não poderia deixar de ser, a leitura de seu testamento precisa ser realizada. E esse promete ser muito importante para o resto da temporada, pois descobrimos que William Bell deixa a empresa para o Dr. Bishop, as implicações que podem surgir a partir dessa escolhida devem ser interessantes.

Ao longo do episódio descobrimos que a tal caixa do título é uma parte faltante da chamada “Doom Machine” que apenas Peter pode manipular, e forçar Peter a estudar essa máquina faz parte do plano do Walternativo e da “Dark Olivia”, a motivação nós sabemos: destruir o universo, os detalhes desse plano ainda devemos descobrir.

Por fim, acredito que esse foi mais um bom episódio, no que talvez seja a melhor fórmula da série, aliar de forma intrincada os elementos de sua mitologia ao caso da semana. E para mim resta uma pergunta: O que será que “Paul Hewson” (o Bono Vox) faz da vida no outro universo???

Nota: 8.0

Nikita - 1x04 Rough Trade




Nikita com certeza tem sido uma das séries que tem me surpreendido; logo que termino de assistir um episódio já quero outro, cumprindo assim seu papel de série de espionagem. Entretanto nesse ultimo episódio fiquei me perguntando se a série não estaria clichê demais, por vários momentos nesse episódio eu pensei estar vendo as três espias demais ou as Panteras  detonando, e até mesmo Alias.


Por já ter visto La Femme Nikita, as vezes sinto muito a falta do antigo Michael (Roy Dupuis) que eu descreveria como um homem desprovido de emoções, eficiente e frio; porém o atual Michael (Shane West) me parece cheio de emoções, eficiente e apaixonado descaradamente por Nikita. Isso ficou bem claro nas lembranças de Michael do episódio 1x04 que nos mostra Nikita e Michael tendo uma briga, quando ela ainda era apenas uma recruta. 

Bom, agora o objetivo de Nikita é concertar as missões antigas das quais participou. Atenção e muitos aplausos para a atuação de  Lyndsy Fonseca que me deixou arrepiada quando Alex é presa em uma camisa de força por Amanda. A cena foi perfeita  mas Amanda não acreditou muito em Alex, o que com certeza deixou os fãs apreensivos para o próximo episódio. 



Nota do episódio: 8,0
Fique abaixo com a promo do próximo episódio.






Lone Star e My Generation. As 2 primeiras vítimas do cancelamento!

Após a exibição de 5 episódios, o canal FOX cancelou a série Lone Star. A produção, que conquistou a crítica americana, não conseguiu despertar o interesse do público. No lugar da série, serão exibidos os novos episódios de Lie To Me, a partir do dia 4 de outubro.

Críticos acreditam que o público da TV aberta não está disposto a acompanhar a vida de um homem casado com duas mulheres e que este teria sido o principal motivo pelo qual a produção não teria despertado o interesse de uma grande audiência.

Já a ABC demorou menos ainda e com apenas 2 episódios exibidos, parou de vez as gravações de My Generation. A produção estreou em baixa, com apenas 5,4 milhões de espectadores, e sofreu uma queda de mais de 30% em seu segundo episódio, o que lhe rendeu o cancelamento.

Acredita-se agora que The Whole Truth seja a próxima vítima.

2 de out de 2010

Conheça: Boardwalk Empire, a nova aposta da HBO


Após alguns vexames de críticas relacionados à HBO, chega em outubro, no Brasil, a série Boardwalk Empire, série original criada por Terence Winter (Os Sopranos) e dirigida por Martin Scorsese (que se alocou também ao cargo de produtor executivo), tentando fazer com que as pessoas esqueçam, ou simplesmente perdoem as séries anteriores da emissora, que há muito não produzia uma grande alavanca comercial, no que se diz respeito a seriados.

Boardwalk Empire apresenta o retrato de Atlantic City, na década de 20, onde as máfias política e empresarial eram as únicas mandantes na cidade, menosprezando até mesmo as autoridades federais. O enredo gira em torno de Enock ‘Nuck’ Thompson (Steve Buscemi), Tesoureiro de Atlantic City que, às vésperas da implantação da Lei Seca nos EUA, entra no negócio de tráfico de bebidas alcoólicas.
Ele mantém a imagem de ‘politicamente correto’ para a sociedade, mas é envolvido em diversas ilegalidades: fraude, lavagem de dinheiro e ligação com prostíbulos locais são apenas algumas. Seu motorista, James ‘Jimmy’ Darmody (Michael Pitt), é um ex-combatente americano, escalado em serviço para executar alemães (incumbência que o próprio se orgulha em dizer a todo o tempo), e não se contenta com o cargo de motorista particular, que lhe é dado por Nuck. Ele se auto-intitula assassino, e diz que é isso que faz de melhor, pedindo então, a todo o momento um cargo à sua altura.

Em paralelo com a máfia, é contado o drama de uma mulher, Margaret Schroede (Kelly MacDonald), que, no âmbito de sua juventude, tem dois filhos e está grávida, e tem um marido violento, viciado em bebida e jogatina.

No decorrer da séria, já no primeiro episódio, o panorama muda completamente, fazendo uma analogia entre máfia – afeição – violência, o que a deixa cada vez mais intrigante e eloqüente, te prendendo a assistir cada capítulo, prestando o máximo de atenção possível, pois a HBO não economizou no cenário, bastante fiel à época, tanto que assistindo a série, de vez em quando você se surpreenderá olhando para o cenário, ao invés dos personagens centrais.






Os espectadores de Boardwalk Empire contemplarão um elenco de primeira, com Steve Buscemi – um dos melhores atores vivos, na minha opinião - (Armagedon, Cães de aluguel, Tempo de violência), Michael Pitt (Os Sonhadores, A vila) e Dabney Coleman (Como eliminar seu chefe, Num lago dourado), além de uma sonorização que toca músicas jazz de animar, e cassinos alucinantes. Quem se identificou com ‘O Podereoso chefão’, com certeza terá uma ótima aceitação de Boardwalk Empire.
Série de grande produção, que tende em colocar a moral da HBO lá no alto novamente, e devolver-lhe o orgulho da frase: "It's not TV, it's HBO".









A estréia de Boardwalk Empire será dia 17 de outubro, na HBO. Até lá, fique roendo as unhas de ansiedade. E como a galera do Loukos por Seriados não é assim tão egoísta, deixamos o trailer pra matar um pouco a curiosidade:

The Big Bang Theory e o Sexo!

Não poderiamos deixar de falar neste blog sobre uma das melhores séries de comédias dos ultimos tempos, The Big Bang Theory. Agora apresentado as quintas feiras, considerado um dos dias mais concorridos de toda semana, a série mostrou que tem ávidos fãs e mesmo mudando de dia a audiência - e não é pouca - ainda continua.

Com dois episódios apresentados, eu não poderia deixar de falar o quanto eu fiquei "inquieto" com algumas peculiaridades que fora nos apresentado. É apenas impressão minha ou eles introduziram - literalmente - o sexo em todo o primeiro episódio da 4ª temporada, quando não era o Sheldon - sim estamos falando dele mesmo - fazendo as contas de quantos homens a Penny já copulou, tinhamos nerds realizando seus "sonhos mais profundos" com robôs criados pelos mesmos. Vemos também o primeiro encontro do nosso "Bazinga" com sua alma gêmea, pelo menos em coisas em comum, e piadas e mais piadinhas sobre o que senhoras e senhores, sexo. Não que isso seja algo ruim, mas sabemos que a série consegue ser mais engraçada quando envolve em si os temas nerds e as confusões que adoramos assistir. Então um otimo Bazinga para vocês e continuem vendo TBBT.

Our whole universe was in a hot dense state, Then nearly fourteen billion years ago expansion started. Wait...

Mike & Molly - 1x01 / 1x02


[ Cuidado .. alguns SPOILERS ! ]


A comédia Mike & Molly é uma das novas apostas do canal americano CBS.

Estreando no dia 20 de setembro, no bloco das tradicionais comédias de segunda - feira ( como por exemplo Two and a Half men ) , esse sitcom tem como sinopse mostrar a vida de dois gordinhos que se conhecem no OA - Obesos Anônimos - e assim aos poucos se apaixonam.

E é justamente isso que mostra em seu primeiro episódio, onde depois de conhecer Mike em uma dessas reuniões que frequenta toda sexta, Molly - de olho nele - o convida para que como policial, fale com a turma da quarta série em que ela dá aula. Assim, no desenrolar do piloto e em meio a boas piadas, Mike finalmente a convida para um encontro.

E assim vamos para o segundo episódio da série, entitulado First Date, onde vemos como foi o primeiro encontro desses adoráveis personagens. Para começar, Mike seguindo os conselhos de seu fiel companheiro de polícia, vai até uma loja de roupas do primo dele - onde para mudar seu visual, acaba comprando um suéter meio indiscreto .... Molly por sua vez está com gripe e como não quer desmarcar seu encontro, toma um remédio que sua mãe dá e fica muito louca.... E como era de se esperar eles tem um péssimo - engrasadíssimo - encontro , mais ao fim resolvem se dar uma nova chance e sair de novo.


Um pouco mais sobre os personagens :


Molly Flynn ( Melissa McCarthy ) - É a protagonista gordinha do seriado, que com sua ótima atuação e grande carisma, arranca boas risadas. No segundo episódio, depois de tomar o remédio para gripe com codeína - ela fica muito engraçada - , em especial na parte que ela desce as escadas cantando e dançando ou quando dorme no banheiro.

Mike Biggs ( Billy Gardell ) - É o protagonista gordinho do seriado - sua química com Melissa é otima , fantástica - e formam um casal pelo qual torcemos realmente. A cena do primeiro episódio, onde ele quebra o dedo ou onde ele fala sobre seu pai (para os alunos de Molly), garante boas risadas.

Victoria Flynn ( Katy Mixon ) - irmã de Molly - Adorei essa personagem - secundária, mais que rouba muitas cenas ... A cena inicial do alarme - do segundo episódio - é sensacional. Conquistou sem dúvida meu carisma.

Joyce Flynn ( Swoosie Kurtz ) - mãe de Molly - Veja a cena dela fazendo companhia para Mike, enquanto Molly se arruma para o encontro. Só isso já mostra o quanto ela é fantástica e cômica.

Carl McMillan ( Reno Wilson ) - amigo policial de Mike - Acho ele apenas um personagem bacaninha , mas confesso que por enquanto não dou muita risada com suas piadas. Porém, um ponto positivo é que ele sempre faz piadas sobre gordos e nem por isso saem preconceituosas e de mau gosto. Consegue manter um equilíbrio.


Mike & Molly é uma daquelas comédias - com o perdão do trocadilho - fofas e encatadoras , que mesmo não tendo nada de extraordinário, arranca boas risadas suas. E ao fim do episódio, você está com um belo sorriso no rosto e um gostinho de quero mais na boca ...

Posso não ter visto todas as comédias que estrearam nesse Fall Season , mas fico contente em ter visto MM ...

Na minha opinião, valeu mesmo a pena !



Nota - 8,0

PS - Esse seriado terá reviews semanais ... confiram !

PS2 - Para quem esta em dúvida se assiste ou não - aqui vai mais um motivo ... a série está com ótimos índices de audiência e assim sem perigo imediato de cancelamento.


Audiência piloto - 12,24 milhões e 3.9 adultos 18-49

Audiência segundo episódio - 11,21 milhões e 3.7 adultos 18-49


PS3 - O terceiro episódio promete ... Entitula - se First Kiss.


Para quem quiser baixar - basta clicar aqui


Fonte - Baixartv



LinkWithin