5 de ago de 2010

Primeiras Impressões: Roockie Blue - 1x01 a 1x06

Vou fazer uma confissão para vocês. Não gosto de série médica, policial e de tribunal. Eu gosto de historinha, de ficar curiosa no que vai acontecer na próxima semana o que não normalmente não encontro nesse tipo de série. Por esse motivo, Roockie Blue não me chamou a mínima atenção no primeiro momento, resolvi assistir graças a uma recomendação.


Roockie Blue é uma série sobre o dia-a-dia de policias novatos. ABC vendeu a série como a Grey’s Anatomy de policiais e o melhor é que lembra mesmo a série médica. Os casos policiais fazem parte de cada episódio mais eles não são o mais importante, além de apresentar interação com a vida e o momento dos personagens. A série começa com o primeiro dia dos Roockies depois do treinamento. Na teoria eles estão prontos para serem policias, mas na verdade é agora que começa o treinamento real.

Eu fiquei tão empolgada com Roockie Blue que assisti os seis primeiros episódios seguidos. A cada episódio conhecemos um pouco mais sobre os cincos novatos. Três mulheres Andy, Traci e Gail e dois homens Dov e Chris. Devo ressaltar que as personagens femininas são muito mais bem construídas do que os personagens masculinos


Traci, mãe solteira de um menino de três anos, namora Jeff um dos detetives que trabalha na mesma divisão que ela. Vive os medos e dificuldades de conciliar o fato de ser mãe e policial. Chris um garoto católico que namora a mesma menina há uns sete anos, começa a sentir a pressão de assumir um compromisso sério apesar de não saber se é isso mesmo o que quer. É o mais certinho dos cinco tenta seguir as regras. Rov, filho de pais hippies, decidiu ser policial para seguir o sonho de infância. É inteligente e esperto, mas muito preocupando em impressionar. Gail vem de uma família rica e importante na polícia. Não se dá muito bem com os outros novatos, tento como único amigo, Chris.

E Andy, a nossa protagonista, o pai é um policial aposentado com problemas com a bebida. Ela é esperta e ao mesmo tento insegura, tem problemas de confiança. Além de se envolver demais com os seus casos. Já que Andy é a nossa protagonista, ela precisa de algum interesse romântico. Andy tem dois: Luke, detetive da homicídios o cara perfeito, o sonho de qualquer mulher. E Sam o parceiro de Andy, um policial experiente e competente que não gosta de sempre seguir as normas, é um pouca sacana e muito charmoso.

Os elementos de Roockie Blue não inovadores e nem ousados. No entanto, a série é bem feita. A história lhe é apresenta, e a medida que você sabe mais, mais você quer saber.

Um comentário:

Anônimo disse...

Vi o piloto e gostei! achei bem interessante

LinkWithin