8 de abr de 2009

Especial "Made in Brasil": Globo aposta em novo seriado


Tentando "superar" a nova concorrente, a Rede Record com seu seriado policia "A lei e o Crime", a Rede Globo vai lançar este ano na tv um seriado com a mesma temática.
Mais sem entrar muito em termos de briga por audiência vamos falar agora sobre o seriado totalmente made in brasil, Força-Tarefa.

Ambientada na cidade do Rio de Janeiro e com o foco no dia-a-dia de uma equipe de policiais que investigam os desvios dentro da própria corporação, Força-Tarefa é assinada por Fernando Bonassi e Marçal Aquino, além de ter na direção geral José Alvarenga Jr. e Mário Márcio Bandarra, na direção.

Basicamente, a série traz um time de sete policiais que utilizam a inteligência acima da força para desvendar crimes cometidos por aqueles que supostamente juraram em nome do exercício das leis.

Inteligência

Chefiado pelo Coronel Caetano (Milton Gonçalves), o grupo se dedica ao processamento de informações, à coleta de provas e à infiltração de agentes para a prisão dos criminosos. Nesta equipe, aparece o linha-dura Tenente Wilson (Murilo Benício), o mais rígido e inflexível. Para apimentar a trama, ele vive em conflito com sua namorada Jaqueline (Fabíula Nascimento).

Além de Wilson e Coronel Caetano, mais cinco companheiros completam a equipe: Selma (Hermila Guedes), Jorge (Rodrigo Einsfeld), Irineu (Juliano Cazarre), Oberdan (Henrique Neves) e Genival (Osvaldo Baraúna). Fora da polícia, o personagem Samuca (Nando Cunha) aparece como informante e, também, um canal com o submundo do crime.

Fazendo acontecer

Os episódios de Força-Tarefa vasculham cenários variados da realidade carioca, jogando luz sobre uma galeria de personagens que sobrevivem nos cantos obscuros da cidade. Das gravações iniciadas em 02 de março – previstas para durarem até maio –, cerca de 70% das cenas tem locações externas no Rio de Janeiro e as demais são realizadas na Central Globo de Produção.

Para imprimir ainda mais veracidade à trama, o elenco participou de palestras e treinamentos para se ambientar ao universo policial e aprender a se portar como policiais. Para imergir em seus personagens, o elenco visitou corporações, fez aulas de tiros, assimilou o vocabulário típico dos agentes e segue atento às indicações dos autores e às orientações da direção.

Curiosidades

  • Tiros que dão trabalho

As cenas com baleados dão tanto trabalho que cada sequência em que um personagem leva um tiro demora quase uma hora para ser gravada.




  • Mulheres armadas

Para a atriz Hermila Guedes, a maior dificuldade em interpretar a Sargento Selma é manusear as armas. Ela confessa:

- Tive que perder a vaidade. Dizem que não, mas arma é coisa para homem.


  • Intuição jornalística

Os roteiristas não contam com a ajuda de policiais para escrever a trama. A ideia da série surgiu a partir das experiências de Marçal Aquino no mundo do jornalismo policial.


Chamadas:


A série Força - Tarefa estréia dia 16 de abril na globo.

Fonte: Globo.com/Yahoo.

3 comentários:

J.J. disse...

[ironia]Ahhh ... a qualidade das séries brasileiras. Nada como um tema novo, abordando a violência entre bandidos e policia. Coisa que o Brasil nunca viu. [/ironia]

Gabriel disse...

Ah, será que isso um dia esgota ? O pior é que coisas deste tipo, sobre policial, bandido, favela, realmente dão audiência...
Veremos se presta...
Abraços!

Petter disse...

Calma gente, Força Tarefa irá falar das irregularidades que ocorrem entre policia X polica corrupta. Ao quê deu entender, nada de traficantes, favelas e afins irão aparecer na série da Globo, rs.

Mais em todo caso eu também fico meio 'de saco cheio' quando vejo que uma série nacional irá estrear e quê irá falar de policia, bandido, e corrupção, esse já é um tema bastante batido e que já deu o quê tinha que dar, tá na hora de botar isso pra girar.

LinkWithin