25 de nov de 2009

Dexter 4×09 – Hungry Man

" Nem todas as famílias felizes são semelhantes. Será que no fundo elas são mesmo felizes? Como diferenciar uma amável esposa de uma aterrorizada? Será que eles são o que eles aparentam ser? Ou são pequenas bombas esperando para explodir? "

Fico feliz em dizer que Dexter chegou em seu ápice. Esse capítulo demonstrou realmente o que essa temporada queria mostrar, que nenhuma família é perfeita. Nem mesmo um assassino consegue esse disfarce por muito tempo.

No episódio dessa semana, Dexter vê o seu mundo ficar sob pressão. Esconder que é um serial killer, e ao mesmo tempo cuidar de uma família com três crianças e uma misteriosa mulher cujo passado é tão sombrio quanto o dele. E além de tudo isso, descobrir que existe alguém semelhante a ele.

Trinity escondia uma família perfeita. Aos vizinhos e amigos, ele e sua esposa viviam em perfeita harmonia, mas dentro de casa, sozinhos, o seria killer mostrava sua verdadeira face. E eis que aparece Dexter para impedir que Trinity destrua de vez sua própria família mas ele acaba estragando o desfarce. E por pouco Dexter não mata ali, na frente de todos. Uma cena excelente!

De modo geral, Dexter deixou de ser apenas uma série sanguinária, com cenas de sexo excessiva e mortes a torto e a direito. Mais do que os casos, a série deixa transparecer o drama e os sentimentos de um assassino preso em suas próprias mentiras. Espero que a série continue assim.

Um comentário:

Adelson (TD Séries) disse...

Olá, J.J.!

Concordo com você: Dexter está em sua melhor fase. Este foi um dos melhores episódios já exibidos no seriado - e olha que eles sempre não bons.

Tinha receio de que esta temporada pudesse não empolgar e, pelo contrário, está sendo sensacional a forma como eles têm mostrado Dexter tentando realmente fazer parte da família.

Um abraço!

LinkWithin